28/11/12

Opinião: Código da Vinci - Dan Brown


Código da Vinci
Autor: Dan Brown
Editora: Bertrand Editora

Sinopse: Robert Langdon, conceituado simbologista, está em Paris para fazer uma palestra quando recebe uma notícia inesperada: o velho curador do Louvre foi encontrado morto no museu, e um código indecifrável encontrado junto do cadáver. Na tentativa de decifrar o estranho código, Langdon e uma dotada criptologista francesa, Sophie Neveu, descobrem, estupefactos, uma série de pistas inscritas nas obras de Leonardo da Vinci, que o pintor engenhosamente disfarçou. Tudo se complica quando Langdon descobre uma surpreendente ligação: o falecido curador estava envolvido com o Priorado de Sião, uma sociedade secreta a que tinham pertencido Sir Isaac Newton, Botticelli, Victor Hugo e Da Vinci, entre outros.

Opinião: Várias amigas recomendaram-me este livro e, por isso mesmo, resolvi aventurar-me na leitura deste não-tão-pequeno romance.
Primeiro, tenho que agradecer a quem me incentivou! Não entendo como já tinha ouvido falar tantas vezes deste livro e simplesmente não tinha curiosidade de o ler....Felizmente, o juízo surgiu e mergulhei na escrita de Dan Brown de cabeça. Acreditem que não conseguia largar o livro!

Devo dizer que este livro é tremendamente bem escrito, com descrições fantásticas que me fazem sentir dentro do livro, a viver a aventura junto com Robert e Sophie. As descrições dos quadros e dos monumentos fizeram-me ter vontade de viajar e conhecer essas partes do mundo, para ver se realmente como ele descreve e como eu imaginei são desse modo.

Não quero estar aqui a descrever todas as surpresas que tive durante o livro porque não vos quero estragar a surpresa a vocês, que estão a ler a opinião e ainda não leram o livro, por isso, vou apenas fazer uma breve referência aos factos que mais gostei, tentando não contar mais do que o necessário.

Robert Langdon é um personagem fantástico. A sua capacidade de percepção e de lógica são para além de inigualável e ele é sem dúvida a melhor pessoa para acompanhar a Sophie. Adoro os pequenos momentos em que ele mostra que é humano e que começa a ter sentimentos por ela...são tão queridos..
Sophie Neveu é a minha personagem favorita do livro. Sofredora e lutadora, mostra verdadeiramente o poder feminino que tanto é venerado no livro. Acho que o avô fez simplesmente a melhor opção ao delega-la como sucessora do seu segredo. Admiro-a e gostava de ser tão astuta e corajosa como ela.

O livro é verdadeiramente uma caça ao tesouro que nos deixa de boca aberta à medida que vai avançando. Quando Jacques, avô de Sophie, é encontrado morto no Louvre e deixa uma estranha mensagem gravada no chão, ao lado do seu corpo nu, começa uma demanda que junta Sophie e Robert na procura da chamada Chave da Abobada, que contem o segredo sobre a localização do Saint Graal. 
À medida que o livro vai avançando vamos desvendando e solucionando enigmas, surgindo novos ao longo do tempo...
A revelação final sobre que era o Professor deixou-me sem palavras! Nunca tinha suspeitado de nada! =O
Confesso que algumas revelações que foram feitas sobre a igreja católica me deixaram espantada e, acreditem, em alguns momentos esquecia-me que estava a ler um romance e dava por mim e tentar percepcionar se o que estava escrito poderia ou não ser verdade.
Um livro cheio de aventura e emoção! 

Aconselho-o a todos! Acho que é uma leitura muito interessante e enriquecedora. Considero que aprendi bastante com este livro. Leiam, é o que vos digo, se ainda não leram, LEIAM. :)

Por fim, fiquei sinceramente agradecida por nunca ter visto o filme porque senão, com certeza, nunca iria aproveitar e apreciar tão intensamente a beleza deste livro. Agora, depois de ter lido, vou a correr ver o filme :D
Deixo-vos o trailer para ficarem com o bichinho...
Já agora digo-vos, não sei porque, imagina a Sophie loira (apesar de ela ser descrita como morena) como a Diane Kruger no filme ''O tesouro"...talvez por ser também um filme de aventura e por não me recordar que era a Audrey Tautou que fazia esse papel...enfim, foi uma curiosidade que achei que devia partilhar :)

Espero que tenham ficado inspirados com o livro e que o leiam :)
Até depois :D

2 comentários:

  1. Olá :) Eu também adorei o livro. Se quiseres, passa pelo Refém das letras para veres a minha opinião: http://refemdasletras.blogspot.pt/2013/02/o-codigo-da-vinci.html

    ResponderEliminar