08/10/12

Glee 4x04 - Break-Up

Uma parte do meu blog é sobre séries, então, irei publicar opiniões sobre episódios e novidades que possam existir nas séries que acompanho, que são algumas. Infelizmente, irei começar algumas destas opiniões não pelo início das temporadas mas pelo momento actual a ver as séries. Aqui vai a primeira, acabada de ver...

SPOILER ALERT para quem ainda não viu o episódio
Mal eu vi este promo, soube que este episódio teria uma boa dose de choro em volta dele. Eu estava contente de o Finn estar de volta, excepto pelo facto de saber que poderia correr mal visto que a Rachel já andava toda envolvida com o Brody.
Apesar de Rachel tentar integrar o Finn na sua vida em Nova Iorque é óbvio desde o início que a vida do Finn não é feita para ser todo o glamour de NYC. Primeiro momento em que é notável o quão o Finn está desconfortável é quando ele deixa que a Rachel cante a música no bar com o Brody. Não me foi possível aproveitar a melodia de ''Give your heart a break'' porque, além de ser uma canção bastante desapropriada para os sentimentos de Finn, era cantada por Brody e Rachel.
A seguir disto, vem o primeiro momento de heart-breaking para mim: Blaine a cantar a ''Teenage Dream'' para o Kurt.



Este momento fez-me perceber o quanto a relação de Kurt e Blaine está a ser difícil e o quanto o Blaine sofre com isso. As lágrimas automaticamente encheram os meus olhos pela emoção do momento e pela emoção dada à música. O Darren Cris é realmente talentoso.
A cena que se dá a seguir, tanto com Blaine como com Rachel a confessarem que não tinham conseguido manter-se fieis aos seus namorados é outra que me parte o coração, especialmente porque consegue-se sentir a tristeza e decepção no Kurt e no Finn, muito mais no primeiro. E mais um vez, em Glee, conseguiram usar a música perfeita para o momento, ''Don't Speak'':

Depois disso Finn e Blaine voltam para Ohio e um dos momentos heart-breaking para mim é o encontro de Finn com Sr. Schue que no fundo mostra o quanto este professor foi importante para eles e sempre será, o que é óptimo.
Sinceramente, o momento ''break-up'' do Will e da Emma não me emocionou porque eles simplesmente discutiram por uma razão óbvia e plausível, o que não me fez sentir como um ''break-up'' na verdade, então, eles vão ficar bem...como sempre.

Santana is back. E eu fiquei tão feliz com esse facto e ficaria ainda mais se eu não soubesse que isso iria significar algo mau para ela e a Britt. O momento delas duas foi dos mais emocionante de todo o episódio. Como não tenho muitas palavras para descrever esse momento, deixo-vos a performance da música ''Mine'' que é banda sonora do momento delas:
No words needed.
Excepto que este ''break-up'' deixou-me realmente deprimida.
Depois disto, vem o momento em que o meu coração realmente se despedaçou: o ''break-up'' do Finn e da Rachel. Foi realmente um momento muuuuuuuuuuuuuuito triste e muito emocional. O discurso da Rachel deixou-me estonteada, apesar de ser tão heart-breaking. Foi uma das minhas cenas favoritas da Lea e do Cory, eles simplesmente conseguiram dar a total emoção à cena que nos deixa como se fossemos nós próprios a termos acabado com o amor da nossa vida.
''You are my first love...and i want more than anything...for you to be my last'' </3

E depois, apesar de não ser grande fã de Coldplay, a ''The Scientist'' enquadrou-se na perfeição para final deste episódio. Adorei o facto de usarem os flashbacks de todos os casais que cantam. Foi um bom final de episódio.
Glee deixou um pouco a comédia para nos pôr todos emocionados o que, no fundo, agrada-me um pouco mas espero que momentos e felizes estejam para chegar.

Um pouco à parte, falando de outras personagens, odeio a Kitty. Ela é a tentativa de cópia da Quinn, muito mal feita (e onde está a Quinn?), exceptuando o facto que eu adoro a Quinn e para ela todos os sentimentos são negativos. O momento mais feliz (possivelmente o único) do episódio foi quando o Jake acabou com ela. Foi fantástico. I was like ''in your face, Kitty''. Deixo-vos o vídeo...

Para finalizar, deixo-vos com o promo do próximo episódio ''The role you were born to play'' que promete ser fantástico mas que INFELIZMENTE só vai estrear no dia 8 de Novembro. Esta gente de Hollywood só gosta de nos fazer sofrer...

Sem comentários:

Enviar um comentário